PC's & DADOS Al dos Anapurus, 1885  - Moema
São Paulo - SP - CEP 04087-007
Tel: (11) 5535 5000
Perguntas:
  1. Qual a diferença entre contratar o serviço de recuperação de dados e reparo de disco rígido?
  2. O que são interface IDE/SCSI/ST 412 e SDI?
  3. Onde localizo o modelo do disco?
  4. Por que é importante informar quantas partições e sistema operacional, bem como os arquivos prioritários?
  5. Como consigo identificar um dano físico ou lógico?
  6. Em quais dispositivos pode ser realizado o processo de recuperação de dados?
  7. Como receberei meus dados? Em que tipo de mídia?
  8. Qual o prazo do serviço?
  9. O prazo pode ser maior que o contratado?
  10. Na impossibilidade de recuperação de dados pagarei alguma taxa?
  11. Como embalar o dispositivo? E como enviá-lo?
  12. Vocês retiram e devolvem o dispositivo?
  13. Qual a forma de pagamento?
  14. Existem descontos para estudantes, revendas?
  15. O valor para recuperar um arquivo ou milhares é o mesmo?
  16. O que é termo de confiabilidade/sigilo?
  17. Posso acompanhar o processo de recuperação?
  18. Como ficarei informado sobre o status do serviço contratado?
  19. A empresa oferece treinamento, comercialização de softwares de recuperação de dados?
  20. Por que é importante optar pelas empresas especializadas?
  21. Como funciona a recuperação de arquivos e quebra de senhas?
  22. Como contratar a realização de backup/clone?
  23. Todos os arquivos são recuperados 100%?

01. Qual a diferença entre contratar o serviço de recuperação de dados e reparo de disco rígido?
No processo de recuperação de dados o objetivo fundamental são os dados. Será utilizado todo recurso disponível para trazer as informações íntegras. Já o reparo de disco é realizado uma avaliação sem compromisso, na tentativa de salvar o disco não os dados. Os testes realizados, implicam em analisar o meio magnético, conseqüentemente sobrescrevendo os dados.


02. O que são interface IDE/SCSI/ST 412 e SDI?
IDE – Integrated Drive Eletronics - Muito utilizado em microcomputador denominado Desktop (ex.: máquina comum de trabalho).
SCSI – Utilizado geralmente em servidores.
ST 412/506/ESDI – Interfaces utilizadas no final da década de 80. XT, primeiros AT.


03. Onde localizo o modelo do disco?
Alguns fabricantes trazem o campo Model, outros possuem nomes ou siglas como: ST 32040AT, MPE3032AT, Fireball Plus, DKLA3243, Mk2040AT.


04. Por que é importante informar quantas partições e sistema operacional, bem como os arquivos prioritários?
A maior quantidade de informação otimiza o tempo de procura dos arquivos/diretórios. Ou seja, o prazo contratado fica muito mais próximo de ser cumprido. Não perderíamos horas procurando arquivos que nunca foram gravados no dispositivo. Informar os arquivos/diretórios prioritários tranqüiliza ambos, já que os dados são testados por amostragem e para não ficar a impressão de milhares de arquivos e aquele, o mais importante, o motivo do envio para recuperação era o arquivo nãoinformado.xxx E ele não veio...


05. Como consigo identificar um dano físico ou lógico?
O dano físico: pode ser caracterizado, quando o disco não é reconhecido pelo BIOS, situações de placas/circuitos queimadas, prejudicando o meio interno. Situações onde apresenta sons “tec, tec, tec, tec“, onde são reconhecidos pelo BIOS, porém, não executam nenhum comando de escrita/leitura. E ao tentar visualizar a partição, informa disco fixo inválido. O dano lógico: refere-se a dispositivos que estão funcionando, mas não possuem acesso a estrutura lógica, perda de partição, deleção indevida de arquivos, ação de vírus, inversão de clones, falha de acesso a estrutura de dados.


06. Em quais dispositivos pode ser realizado o processo de recuperação de dados?
Disquetes 360Kb, 1,2Mb, 1,44Mb, disquetes Zip, Jazz(*), Cd-R, Cd-RW, DVD, FireWire, cartões Flash(*).

(*) Necessita o envio da unidade/dispositivo.


07. Como receberei meus dados? Em que tipo de mídia?
Se o dispositivo possuir condições volta nele mesmo. Caso não possua reparo, poderá escolher CD-R, DVD, ou adquirir um HD conosco. Ou se já possuir um disco para backup envie-nos.


08. Qual o prazo do serviço?
O prazo normal é de 72 horas úteis (compreende das 08:30 às 18:30 de seg. à sex.) a opção de urgência são para diagnósticos em 24 horas úteis.


09. O prazo pode ser maior que o contratado?
Sim, nos casos onde o dano é físico a complexidade está proporcional ao estado do dispositivo, quanto maior o dano, maior o prazo. O cliente é informado dos avanços e determina prazo até quando podemos persistir.


10. Na impossibilidade de recuperação de dados pagarei alguma taxa?
Será cobrado o valor de R$30,00 (trinta reais) referente a taxa de não sucesso, (custo de hora técnica), para remontagem do dispositivo. Para quem optou pela urgência o valor de R$60,00 (sessenta reais) é somado a taxa de não sucesso. Pois se tratam de horas técnicas efetivamente trabalhadas.


11. Como embalar o dispositivo? Como enviá-lo?
Veja em Como Enviar como seria o procedimento correto para enviar seu dispositivo. Posteriormente verifique a melhor forma de despachá-lo, sedex, vaspex, tamexpress, varilog, transportadora de sua região, ou se estiver na grande São Paulo - Capital - consulte-nos por telefone e agende a retirada de seu dispositivo (somente para os casos de recuperação de dados).


12. Vocês retiram e devolvem o dispositivo?
Somente para envio de recuperação de dados, agende um dia para retirada do mesmo e veja se você está no perímetro.


13. Qual a forma de pagamento?
Pessoa Física - em duas vezes, somente cheque do próprio contratante. Ato e 30 dias.
Pessoa Jurídica - Após consulta do cadastro, fatura para 10 dias, salvo exceções de órgãos municipais, federais, estaduais.


14. Existem descontos para estudantes, revendas?
Se este for o seu caso converse com um de nossos profissionais, que ele orientará a melhor opção custo x benefício possível. No caso de revendas, a fidelidade com nossos serviços gera descontos, prazos diferenciados de pagamento, e isenções de taxas na impossibilidade de recuperação.


15. O valor para recuperar um arquivo ou milhares é o mesmo?
Depende do defeito do disco. Se não possuir acesso a estrutura ou uma pasta o valor será a taxa de recuperação, correspondente a dano físico ou dano lógico. Se o problema estiver em abrir um arquivo, solicite orçamento para reparo de arquivo.


16. O que é termo de confiabilidade/sigilo?
Este documento reza, a confiabilidade de seu dispositivo a nós e o sigilo das informações contidas. Sendo destruído o backup de seus dados logo após 3 dias (clientes na capital) e 5 dias (demais estados).


17. Posso acompanhar o processo de recuperação?
Não. Justamente da mesma forma que suas informações precisam estar seguras, os demais clientes também gozam desse direito. A entrada e circulação nas dependências dos laboratórios, são restritas até mesmo para determinados funcionários, respeitando o setor de atuação. Os habilitados respeitam os horários dos prognósticos da mecânica, para no final de turno informar o status do mesmo aos clientes.


18. Como ficarei informado sobre o status do serviço contratado?
O cliente recebe o número da Ordem de Serviço e pode solicitar informações via, e-mail, ou telefone, informando a O.S. Para quem despachou o dispositivo, ao recebermos informamos via e-mail número ou no próximo contato telefônico.


19. A empresa oferece treinamento, comercialização de softwares de recuperação de dados?
No momento não. Alguns anos atrás o responsável José Rabaça ministrava o famoso E.T. – Encontro Técnico, desmistificando a caixa preta no período em que esteve a frente da Natdisc. Não comercializamos softwares, possuímos ferramentas e as técnicas utilizadas, foram desenvolvidas a mais de 15 anos, sendo aperfeiçoada ao longo do tempo para a tecnologia de hoje.


20. Por que é importante optar pelas empresas especializadas?
Porque você não procura um médico geral, sabendo que precisa de um especialista, ou entrega a responsabilidade para o departamento de compras definir “o mais barato” ignorando a importância das informações e tratando o dispositivo como apenas um periférico do microcomputador, esquecendo que ali está a vida da empresa. O dispositivo entregue a qualquer pessoa inabilitado, poderá causar danos irreversíveis e impossibilitando, dificultando o serviço de profissionais qualificados.


21. Como funciona a recuperação de arquivos e quebra de senhas?
Encaminhe um e-mail informando o ocorrido e estipulamos o valor do serviço e prazo do serviço.


22. Como contratar a realização de backup/clone?
Encaminhe-nos um e-mail informando a quantidade de dados a serem “backupeados” ou a capacidade dos discos a serem clonados.


23. Todos os arquivos são recuperados 100%?
Jamais poderíamos afirmar tal situação, trabalhamos para atingir a maior integridade possível, para os danos lógicos estimamos de 80% a 90% de sucesso. Para danos físicos, estimamos 60% dependendo da condição do dispositivo.

Copyright © PC's & DADOS